Voltar
SAE oferece atendimentos e melhores condições de vida
Quarta - Feira, 27 de Maio de 2020
Equipe multiprofissional atende pacientes dos 26 municípios da 19ª Coordenadoria Regional de Saúde
Responsive image
Ao adotar todas medidas de prevenção ao coronavírus, as profissionais que atuam no Serviço de Assistência Especializada (SAE) de Frederico Westphalen permanecem oferecendo atendimento aos pacientes. Com atuação nos 26 municípios da 19ª Coordenadoria Regional de Saúde (19ª CRS), os atendimentos estão sendo realizados de forma não-presencial. O SAE dispõe de uma equipe qualificada e multiprofissional que atende pacientes com HIV/AIDS e hepatites virais e busca proporcionar mais qualidade de vida após o diagnóstico.

De acordo com a técnica de enfermagem e coordenadora do SAE, Luciani de Cristo, entre os principais trabalhos realizados pelas profissionais do SAE está a orientação e conscientização da importância do uso de preservativos, bem como a realização de testes rápidos para ter diagnóstico precoce. “Antes da pandemia do coronavírus realizávamos ações de conscientização em empresas, em universidades, escolas, inclusive em algumas dessas atividades utilizávamos unidade móvel, para ofertar testes rápidos a população frederiquense”, apontou.

Entre as atribuições das profissionais do SAE de Frederico Westphalen estão a realização de testes rápidos de HIV, Sífilis, Hepatites B e C. Além disso, o serviço é dispõe de uma Unidade Dispensadora de Medicamentos (UDM) e fornece remédios para pacientes com HIV dos 26 municípios da 19ª CRS.

Aumento na procura pelo Serviço

Devido à pandemia do coronavírus, o número de atendimentos presenciais no SAE de Frederico Westphalen apresentou redução, porém, a quantidade de pacientes à procura de medicamentos cresceu. “Muitos pacientes de municípios de outras Coordenadorias de Saúde têm vindo solicitar medicamentos na nossa unidade”, revelou.

Luciani acrescentou que há extrema discrição, privacidade e respeito a todas as pessoas atendidas no SAE de Frederico Westphalen.

PEP

As profissionais do SAE também oferecem a Profilaxia Pós-Exposição (PEP). A PEP é uma medida de prevenção de urgência à infecção pelo HIV, hepatites virais e outras Infecções Sexualmente Transmissíveis (IST).

Conforme a enfermeira Micheli Dutra, a PEP consiste no uso de medicamentos para reduzir o risco de infecção em situações de exposição ao vírus, e pode ser utilizada até 72 horas após uma situação em que exista risco de contágio. “A PEP pode ser usada quando há violência sexual, relação sexual desprotegida ou devido a algum acidente ocupacional, como contato direto com material biológico. Mas precisa ser feita em até 72 horas após o contato, a duração da PEP é de 28 dias e a pessoa deve ser acompanhada pela equipe de saúde”, explicou.

O SAE está localizado na rua 21 de Abril, 152, em anexo ao Posto Central, na antiga sede do Serviço Móvel de Atendimento de Urgência (Samu).
 
Profissionais que trabalham no SAE

Técnica de enfermagem e coordenadora:
Luciani de Cristo
Médica: Vanessa Binotto
Enfermeira: Micheli Dutra
Psicóloga: Izabel Caeran
Farmacêutica: Claudia Bassanello
Agente e auxiliar administrativa: Elizete Silva
Fonte: André Piovesan/Ascom
FOTOS
COMENTÁRIOS