Voltar
Agilidade médica salva criança
Sexta - Feira, 24 de Julho de 2020
Verena ainda está internada, mas passa bem
Responsive image
Nasceu no dia 9 de julho, no Hospital Divina Providência (HDP), Verena, pesando 1,6 quilos e com 33 semanas. A pequena sofreu uma parada cardiorrespiratória e teve o atendimento realizado de maneira urgente no HDP. Hoje, ela está internada em hospital de Cachoeira do Sul.

A mãe de Verena, Aline Salla, tinha hipertensão, ascite e, por esses motivos, houve complicações durante a gestação. A Dra. Marília Candaten, responsável pela decisão de romper a gravidez, e a Dra. Jenifer Kruger, responsável pela Ecografia, fizeram o encaminhamento urgente ao HDP. Apesar de toda dificuldade no caso de Verena, o rompimento da gestação se fez fundamental e necessário.

Para o pediatra, Edu Barros, a Administração Municipal de Frederico Westphalen, que mantém cinco sobreavisos e auxílios financeiros à Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do HDP, além de atendimento obstétrico, pediátrico, cirúrgico, anestésico e clínico, desempenha papel fundamental para que os profissionais médicos possam salvar vidas.

O médico Edu Barros, um dos profissionais que acompanharam o caso de perto e que foi o principal responsável pela solicitação do transporte aéreo da paciente, disse que Verena, que está com quase um mês, e a mãe, passam bem. “A criança já se encontra no quarto e aguarda resultado dos exames para alta médica”, informou. 


 
Fonte: Letícia Severiano/ASCOM
FOTOS
COMENTÁRIOS