Voltar
Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite e Multivacinação segue até 30 de outubro
Quarta - Feira, 07 de Outubro de 2020
Responsive image
Iniciou na segunda-feira, 05, a Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite e a Multivacinação para Atualização da Caderneta de Vacinação da Criança e do Adolescente. São duas estratégias que acontecem ao mesmo tempo, no período que segue até dia 30 de outubro.

A vacinação contra a poliomielite tem por objetivo reduzir o risco de reintrodução da doença no Brasil e aumentar as coberturas vacinais. O grupo-alvo são as crianças menores de 5 anos de idade (4 anos, 11 meses e 29 dias). O esquema vacinal de poliomielite é composto, atualmente, por duas vacinas: a injetável aplicada em três doses aos dois, quatro e seis meses de vida da criança, e a vacina oral aplicada aos 15 meses e aos quatro anos. Nesta campanha, todas as crianças dessa faixa-etária terão a avaliação de sua situação vacinal para poliomielite. As maiores de um ano que estiverem com seus esquemas vacinais em dia receberão uma dose da vacina oral, a chamada dose D (indiscriminada). Para as crianças que estiverem com seus esquemas de vacinação de poliomielite em atraso, haverá a atualização.

A Multivacinação, por sua vez, atualiza a situação vacinal da população até 15 anos, de acordo com as indicações do Calendário Nacional de Vacinação. O objetivo é, além de aumentar as coberturas vacinais, diminuir ou controlar a incidência de doenças imunopreveníveis como o tétano, o sarampo e a febre amarela. “É fundamental que as crianças e adolescentes compareçam às Unidades de Saúde levando a caderneta de vacinação”, falou a chefe da Divisão de Vigilância Epidemiológica do Centro Estadual de Vigilância em Saúde (Cevs), Tani Ranieri.

A meta da Campanha Nacional de Vacinação de Poliomielite é vacinar 95% das crianças de um a cinco anos de idade com a dose D. Na Multivacinação, considerando que a estratégia consiste em atualização de esquemas em atraso, a avaliação será realizada a partir das doses aplicadas e registradas nos sistemas de informação no período.

Dia D de vacinação
Durante a Campanha, haverá um sábado (17 de outubro), em que os postos de saúde e casas de vacinas ficarão excepcionalmente abertos para estimular e facilitar para as famílias o acesso à imunização.

Vacina meningocócica conjugada
O Ministério da Saúde publicou no Diário Oficial da União, na última quinta-feira (1º), a decisão de ampliar o uso da vacina meningocócica ACWY (conjugada) para adolescentes de 11 e 12 anos de idade no Calendário Nacional de Vacinação, no âmbito do Sistema Único de Saúde (SUS). De acordo com Tani Ranieri, antes eram obrigatórias a aplicação das vacinas meningocócica A e C, e agora passará a ser aplicada a quadrivalente, incluindo os tipos W e Y.
Fonte: Secretaria da Saúde - RS
FOTOS
COMENTÁRIOS