Voltar
Novos componentes curriculares são implantados na Rede Municipal de Ensino
Quarta - Feira, 15 de Setembro de 2021
Responsive image
A Secretaria Municipal da Educação e Cultura (Smec), em parceria com a Universidade Regional Integrada (URI), campus de Frederico Westphalen, promoveu importante formação para os professores da rede municipal de ensino sobre a implantação dos novos componentes curriculares de “Produções Interativas” (Anos Iniciais) e “Projeto de Vida” (Anos Finais).

Entre os dias 12 e 18 de agosto estiveram reunidos os professores de Anos Iniciais (1º ao 5º ano), os quais trabalharam com práticas pedagógicas do novo componente curricular de Produções Interativas. Na rede municipal, a oferta da disciplina tem como objetivo proporcionar aos estudantes a leitura, interpretação e produção de textos, por meio de atividades lúdicas, inovadoras e criativas, oficinas e laboratórios de aprendizagem com diferenciadas formas e linguagens.

A formação terá continuidade com a assessoria da URI, com orientações e acompanhamento aos professores na realização do trabalho com o novo componente curricular.

Já no dia 25 de agosto, os professores dos Anos Finais (6º ao 9º ano) participaram da formação sobre o componente curricular de Projeto de Vida, o qual proporcionará aos estudantes compreender a capacidade de gerir a própria vida, conseguir refletir sobre seus desejos e objetivos, aprendendo a se organizar, estabelecer metas, planejar e perseguir com determinação, esforço, autoconfiança e persistência seus projetos presentes e futuros.

Os encontros de Formação foram ministrados pelos professores da URI, Maria Cristina Gubiani Aita, Adriane Ester Hoffmann, Vildes Mulinari Gregolon, Juliane Claudia Piovesan, Claudia Felin Cerutti Kuhnen, Rosane Ferrarri, Fernando Battisti e Luís Pedro Hillesheim.

De acordo com a diretora geral da URI, professora Silvia Regina Canan, “Esses momentos de formação revelam-se como importantes espaços de trocas e aprendizagem em que é possível construir proposições que melhoram muito os processos educativos, o uso de recursos e tecnologias na construção do conhecimento e o olhar dos docentes sobre suas práticas educativas que podem ser revisitadas e melhoradas sempre. Foram dois importantes momentos de formação em que os professores da URI se prepararam para contribuir com a implantação dos novos componentes curriculares de “Produções Interativas” (Anos Iniciais) e “Projeto de Vida” (Anos Finais). Proporcionar aos alunos experiências interativas, que permitam que eles se vejam como autores de suas produções, construindo sua autonomia como sujeitos de aprendizagem desde cedo e, depois, mais tarde, pensar seu futuro, a partir dos projetos de vida, são partes fundamentais da formação humana, cidadã e de preparação para a vida. A URI sente-se muito feliz em poder participar desses momentos que valorizam a educação e os professores, pensando, sempre, numa escola melhor para os alunos.”

A secretária da Educação e Cultura, Rosane Loose, destacou que “numa temporada de reinvenção e mais desafios, precisamos entender o nosso tempo e o que queremos. A transformação é necessária para alcançarmos êxito na educação. Temos professores qualificados e, por isso, temos ciência da necessidade de estar sempre em processo de formação. Intervenções pedagógicas que qualifiquem o processo educacional sempre foram metas constantemente reavaliadas. Por isso, a busca pela formação é necessária, sobretudo a valorização do profissional que se insere num contexto de constante mudança, como um alquimista responsável pela apropriação do saber, do saber fazer, do saber ser e do saber conviver. Um desafio diário.”
Fonte: Ascom
FOTOS
COMENTÁRIOS